Broa de fubá

28 de abril de 2011 | Bolos e Quitandas

Broinhas assadas
Assim como o pão de queijo, a broinha de fubá é quitanda clássica na mesa do mineiro. Não podia deixar de compartilhar com vocês essa receita. Minha mãe foi quem preparou essas delicías aqui em casa, quando veio me visitar. Eu ajudei a preparar e comi bastante. E digo com certeza que essas broas de padaria não estão com nada. Nossas broinhas caseiras ficam muito mais saborosas, macias e úmidas.
O grande segredo para se fazer broinhas deliciosas é utilizar um bom fubá de canjica. Aí você me diz: “Tá bom Leili, mas o que é exatamente o fubá de canjica e onde eu compro isso?”
O fubá de canjica é feito de milho, triturado originalmente em moinho de pedra movido a água . Isso resulta num fubá bem fininho e amarelo claro. Na minha cidade, Tupaciguara, era muito comum ter este tipo de fubá pra vender. Mas agora percebo que está se tornando artigo raro. Na internet encontrei fubá de canjica das marcas Rocinha e Pachá. Minha mãe sempre traz de Minas pra mim. E as tradicionais borinhas mineiras ficam realmente deliciosas com este fubá. Não sei exatamente onde encontrar aqui em Brasília. Mas há mercearias mineiras e gourmets que tem de tudo aqui. Quanto a receita da broinha, dá um pouco de trabalho, mas o resultado é divino-maravilhoso! Confira a receita:

Broinhas de fubá de canjica

Ingredientes:
2 xícaras de fubá
2 xícaras de farinha de trigo
2 xícaras de açúcar
2 xícaras de leite
2 xícaras de água
1 e 1/2 xícaras de óleo (soja, milho ou canola)
1 colher de café de sal
1 colher de café de erva doce amassada
8 ovos grandes

Preparo:
1. Numa tigela, peneire e misture o fubá e a farinha de trigo.
2. Numa panela funda e larga, misture a água, o óleo, o leite e o sal e leve ao fogo alto até começar a ferver. Coloque em seguida o açúcar e misture com uma colher de pau até que volte a ferver novamente.
3. Reduza o fogo.Vá adicionando à mistura, colheradas de fubá e farinha de trigo, misturando sem parar, até obter uma espécie de angu. Misture bastante esse angu, até que não sobre nenhuma pelotinha de farinha. Grevei o vídeo a seguir para que você possa perceber como se dá a etapa de cozimento da massa.

4. Coloque essa massa numa vasilha bem aberta, adicione a erva-doce e espere esfriar (uns 30 minutos).
5. Antes de começar a mexer na massa, pré-aqueça o forno a 180 graus. Numa tigela, quebre 4 ovos e bata ligeiramente. Acrescente-os à massa e misture com as mãos. Em seguida, junte os últimos 4 ovos amasse bem, até obter uma mistura homogênea, bastante mole e fina. Lembra um pouco aquela massa de coxinha, só que bem mais úmida e mole.
6. Para enrolar as broinhas, utilize uma colher de sobremesa e uma xícara ou potinho com o fundo arredondado (eu usei a tigela do almofariz de porcelana). Coloque fubá na tigela, adicione uma colher da massa na tigela e faça movimentos circulares até obter uma bolinha.
7. Disponha num tabuleiro com espaço entre as bolinhas, pois elas crescem. Leve ao forno por 30 minutos, até que leas fiquem bem douradas. Esta receita rende 3 tabuleiros médios (aproximadamente 50 deliciosas broinhas).
Sirva as broinhas ainda mornas, com um bom café!

33 Comentários

  • Andréa Japiassu

    28 de abril de 2011, às 18:22. Responder

    wow. um cafezim e tabaodimais

  • Juliana

    28 de abril de 2011, às 23:50. Responder

    Hummm, muito apetitosa, Leili!

  • leila

    01 de julho de 2011, às 19:33. Responder

    BOA TARDE, PODE ME ENVIAR ESSA RECEITA DE BROINHA DE FUBÁ ?
    ESTOU AGORA NA FRENTE DO COMPUTADOR, OBRIGADA, LEILA

  • maria cristina lisita

    05 de julho de 2011, às 23:48. Responder

    nossa ficou maravilhosa parece que esta uma delicia ,vou fazer e te digo como ficou bjos

  • Rosa Maria

    13 de agosto de 2011, às 19:34. Responder

    Posso colocar leite de soja , pois só intoleranta ao leite de vaca.
    grata
    Rosa Kayatt.

    • leiliane

      14 de agosto de 2011, às 11:41. Responder

      Olá Rosa!
      Nunca experimentei, mas acredito que não haverá nenhum prejuízo na troca do leite de vaca pelo leite de soja nesta receita.
      Boa sorte na receite e volte sempre!
      Abraços

  • ronaldo

    02 de setembro de 2011, às 17:34. Responder

    Leiliane
    Boa Tarde !
    Parabéns ao compartilhar receita.
    Abs

  • lia

    07 de outubro de 2012, às 15:31. Responder

    nossa que maravilhoso vo fazer,meu marido gosta muito
    vo fazer para ele,,bjs

  • Isis

    25 de outubro de 2012, às 11:22. Responder

    Oi Leili!
    Essa receita não leva fermento, ou a farinha já vem com fermento?
    Eu quero testá-la na máquina de fazer pão…talvez o resultado não seja o mesmo, mas me agiliza…e a outra metade irei fazer como você.bjs

    • leiliane

      25 de outubro de 2012, às 12:48. Responder

      Oi Isis,

      Essa massa de broinha de fubá não leva fermento. O fubá de canjica é muito leve e fino, a massa é cozida e leva muitos ovos. Por isso as broinhas crescem e ficam ôcas por dentro. Não garanto que vai funcionar na máquina de pão, pois essa massa é delicada.
      Chamo a atenção para um ponto: broa de fubá para mim (na minha terra) é essa da minha receita. Vejo que em alguns lugares, o pão de milho é conhecido como broa de fubá (outra receita).
      Espero ter ajudado.
      Volte sempre por aqui. Abraços

  • Celia

    24 de janeiro de 2013, às 10:02. Responder

    Enfim, achei a receita destas broinhas. Como destas num café aqui no RJ mas gostaria de fazê-las. Parece que são estas mesmo. Aqui na minha terrinha, conheço este fubá como fubá de milho inteiro pq é moído (artesanalmente) com a parte branca do milho, da qual fazem o amido. Eu compro deste fubá. Realmente não é fácil de ser encontrado mas vale à pena procurar por ele. Td feito com ele fica mais leve, mas fino, mais… mais… mais… Testarei esta receita. Obgada.

    • Celia

      24 de janeiro de 2013, às 10:07. Responder

      Dá pra congelar em alguma fase?

      • leiliane

        27 de janeiro de 2013, às 10:53.

        Oi Celia,

        Obrigada pela visita. Não sei se essa massa e broinha pode ser congelada. Nunca testei.
        Volte sempre por aqui.
        Abraços

      • Elizabeth

        09 de junho de 2013, às 08:14.

        Oi Leilane,
        Estou a caça da receita da Broinha do Hortifrut ( a rede é do RJ), é parecida com esta, mas não tem esse fubazinho em volta. Lá em BH compro também no Mercado Central. Lá inclusive, vende congelada, igual ao pão de queijo. Porisso imagino que esta tua receita também possa ser congelada. No rótulo desta congelada consta nos ingredientes queijo. Será que acrescentando um pouco de queijo canastra ralado fica parecido com ela. Mas adorei esta tua receita também. Já fiz várias vezes e fica direitinho, só não fica igual a estas que falei. Obrigada. Bom Dia

  • Angela

    07 de fevereiro de 2013, às 14:34. Responder

    Acabei de fazer, ficaram deliciosas!!!!! Obrigada por compartilhar esta receita, há tempos procurava uma receita assim. Bjs.

  • Donizeti

    18 de fevereiro de 2013, às 10:13. Responder

    Preciso saber em qual telefone posso ligar para adquirir o Fubá de Canjica da Pachá.

  • Gilberto Dornelas

    11 de abril de 2013, às 16:12. Responder

    Estamos fabricando o FUBÁ DE CANJICA em Brasília
    Com Fubá de canjica sua receita fica muito melhor…
    Se possível divulgue o nosso Site e Fone: 61-41412628 / 35637901 / 99742359

  • Margareth torres

    07 de agosto de 2013, às 20:02. Responder

    Fiz e ficou divino, otima receita, fazia tempo que eu estava atras de uma destas, parabens, ensinou direitinho, bjos

  • Ione França

    06 de setembro de 2013, às 22:04. Responder

    Eu adorei a receita, eu recebi dois quilos de fubá de canjica novinho ontem lá da cidade de Córrego Fundo, e vou experimentar fazer amanhã, depois te falo um abraço, Ione. Um abraço

  • Ione martins

    14 de setembro de 2013, às 18:06. Responder

    Leili, vou fazer as broinhas amanhã e queria saber de você se o açúcar é refinado ou cristal e o forno é a quantos graus? Desde já grata.

    • leiliane

      16 de setembro de 2013, às 16:21. Responder

      O açúcar que usei era cristal mesmo. E o forno deve ser pre-aquecido. A temperatura para assar é entre 180 e 200 graus.

      Depois me conte se deu certo. Boa sorte!

  • Ione França

    16 de setembro de 2013, às 08:01. Responder

    Leili , Fiz as broinhas e ficaram perfeitas, eu deixei um pouco da massa na geladeira de um dia para o outro e elas ficaram melhores ainda, muito obrigada por compartilhar esta receita. Há muito tempo procurava uma receita de broa de canjica, Um abraço, Ione, Paraopeba, MG.

    • leiliane

      16 de setembro de 2013, às 16:23. Responder

      Que maravilha Ione!
      Fico feliz que tenha gostado da receita!
      Abraços e volte sempre por aqui!

  • Ione martins

    19 de setembro de 2013, às 13:24. Responder

    OBRIGADA PELA RECEITA E PELA EXPLICAÇÃO, FICOU ÓTIMA. TUDO DE BOM PRA VOCÈ E SUA FAMÍLIA!IONE

    • leiliane

      20 de setembro de 2013, às 23:48. Responder

      Olá Ione!
      Que bom que deu certinho!
      Obrigada querida e volte sempre!

  • Edna

    18 de outubro de 2013, às 17:02. Responder

    Como uma boa Brasileira e goiana, amo broinhas de fubá!
    Parabens pela receita!
    Bjs

    • leiliane

      21 de outubro de 2013, às 14:00. Responder

      Que bom que gostou Edna! Volte sempre por aqui! Abraços

  • Jane

    22 de outubro de 2013, às 09:01. Responder

    Olá,Leili!
    Amo broa de fubá e, quando vi sua receita, entendi a diferença entre os fubás e comprei o fubá de canjica em uma viagem que fiz com minha família para a Serra da Canastra em Vargem Bonita.
    Fiz a receita……………é muuuuito boa!!!!deliciosa!!!!
    Muito obrigada e um grande abraço

    • leiliane

      22 de outubro de 2013, às 09:06. Responder

      Que legal Jane. Obrigada a você por prestigiar o blog e pelo retorno sobre a receita de broinha.
      Essa receita é de família mesmo!
      Abraços e volte sempre por aqui!

  • Dalva

    25 de janeiro de 2014, às 11:46. Responder

    Interessante que esta receita nao leva fermento. Vou fazer hoje!!! Grata, abç

  • Leiliane

    21 de julho de 2014, às 16:45. Responder

    Ótima a receita, parece dar um pouco de trabalho mas compensa, pois elas sao uma delícia e nos faz lembrar de casa ( minas).

Comente