Brioche – World Bread Day 2018

16 de outubro de 2018 | Pães, pizzas e tortas

Hoje é o dia mundial do pão. E eu continuo apaixonada pela panificação. Tenho cultivado meu fermento selvagem em casa e feito lindos pães. Costumo fazer pães mais rústicos e simples, só com água, farinha, sal e fermento. Mas recentemente meu interesse por dominar as técnicas de pães macios e enriquecidos tem aumentado bastante. E o meu desafio do momento é o brioche, por isso escolhi essa receita para participar da blogagem coletiva mundial do World Bread Day 2018, promovido pela Zorra Kochtopf.

World Bread Day, October 16, 2018

O brioche é um pão de casca bem dourada e miolo bem macio e aerado. Além dos ingredientes tradicionais de um pão, ele também leva açúcar, leite, ovos e manteiga, deixando-o super saboroso, além de macio.

Já fiz o brioche umas 5 vezes e pude observar que ele sai excelente quando a massa é muito bem sovada e a fermentação é completa. Muitas vezes erro o brioche porque aqui faz mais frio e acabo ficando afobada para colocar no forno logo. Mas se deixar ele crescer bem, fica perfeito.

A receita que mais gostei do resultado é a do Alex, do canal French Guy Cooking. Confira a receita a seguir:

 

Amigas de outros blogs do Brasil também estão participando do World Bread Day 2018. Muitas receitas maravilhosas esperando por você:

Caldeirão da Bruxa Solar – Pãezinhos de coco
Cozinhando para 2 ou 1 – Pão das 10 dobras com azeitona
Na Biroskinha – Pão das 10 dobras
Naco Zinha – Coroa de Amêndoas
Orapitangas – Pão de 5 farinhas e mel
Quanta Gordice – Pão de Leite
Simples Assim – Focaccia Lowcarb

 

6 Comentários

  • Elaine

    28 d outubro d 2018, às 13:41. Responder

    Lindo, ainda quero fazer um brioche, acho uma tentação!

  • zorra

    18 d outubro d 2018, às 06:05. Responder

    Your Brioche looks delicious! Thank you for baking for WBD!

    • leiliane

      27 d outubro d 2018, às 08:55. Responder

      My pleasure, Zorra! Many thanks

  • Gina

    17 d outubro d 2018, às 13:08. Responder

    Leiliane,
    O pão precisa desse tempo mesmo. Você e eu moramos em cidades frias e isso interfere bastante no processo. Mas toda a espera é recompensada pelo aroma que exala e pelo prazer de colocar um pão desses na mesa.
    Estou viajando. Quando voltar, coloco os links dos participantes no meu post.

  • angela

    16 d outubro d 2018, às 11:33. Responder

    maravilhoso

Comente