Salada de beterrabas assadas

21 de agosto de 2017 | Saladas

Acredito que os principais ingredientes para preparar uma comida realmente maravilhosa são amor e o capricho de quem cozinha. Tenho a sorte de encontrar muitas cozinheiras e cozinheiros excepcionais pela vida. Nessa seleção entram pessoas que possuem talento e constância em seu cozinhar. Pessoas que você sabe que sempre vão doar o melhor de si e fazer uma comida perfeita. A constância é uma qualidade que persigo e admiro muito. Creio que venha com a prática, a maturidade e a perseverança. O simples arroz com feijão da minha avó Maria era um banquete dos deuses, tamanho era o esmero e a paciência dela ao cozinhar. Minha avó Violeta dominava bem as técnicas culinárias e tinha um tempero certeiro, sempre. Minha mãe é super detalhista e, além da comida ser uma delícia, existe o capricho com cada detalhe: aparência, textura, ponto certo, etc. Neste time seleto de cozinheiros excepcionais, incluo uma amiga que conheço há poucos anos, mas que sempre me impressiona com suas receitas: a Zezé!
Ela tem as mãos abençoadas. Além disso, experiência, curiosidade e muita atenção a todos os detalhes. Ela sempre investe o melhor de si em suas preparações e isso fica nítido quando damos a primeira garfada ou mordemos o primeiro pedaço de algo que ela fez. Numa ocasião muito feliz, Zezé nos preparou um banquete de comida vegetariana. Tudo estava delicioso, da entrada à sobremesa.
Dentre os pratos que ela serviu, havia uma salada morna de beterrabas assadas que amei. As beterrabas assadas ficaram macias, com uma cor super forte e um sabor incrível, adocidado e intenso.

A receita que compatilho hoje é inspirada nessa salada. Zezé, você tem meu respeito e a minha admiração. Um dia quero cozinhar como você, como minha mãe e minhas avós. Muito obrigada!

 

 

6 Comentários

  • maria de lurdes

    25 d fevereiro d 2019, às 10:34. Responder

    Já que eu amo beterraba,essa receita caiu como uma luva,Parabénssss pela matéria.

    • Leiliane

      26 d fevereiro d 2019, às 14:03. Responder

      Fiz hoje mesmo essa salada. É uma delícia! Se experimentar, me conte. Abraços

  • Janaina Teles

    25 d agosto d 2017, às 17:40. Responder

    Leili,
    Fiquei até com vontade comer novamente essas beterrabas. Sim, Zezé, as mãos de fada se reconhecem, os adjetivos são seus. Bjs.

  • Thaynara

    21 d agosto d 2017, às 20:45. Responder

    Que lindo post, receita e foto!

  • Ana Carol Crocks

    21 d agosto d 2017, às 20:18. Responder

    Uau, Leili, você arrasou nesse post!!! No texto, na foto…
    Você se supera cada vez mais.
    Parabéns pelo capricho e dedicação para com o seu blog.
    Beijos

  • Zezé Cunha

    21 d agosto d 2017, às 14:12. Responder

    Leili, como vc bem sabe, por motivos que já esclareci, não faço mais comentários. No entanto, não tive como não me manifestar diante de tanto carinho. Claro que existe um exagero, mas tenha a certeza de que sempre me envolvo de corpo e alma ao preparar um alimento, o que considero sagrado. Obrigada

Comente